“A Cidade do Futuro” e a pedagogia das imagens

Adolfo Gomes* Muito emocional, a primeira exibição pública de “A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, durante o “V Olhar de Cinema”, realizado em Curitiba, já sinalizava para a adesão do público ao filme. O que viria a resultar na premiação da obra pelo júri popular do Festival, encerrado no último dia…