Geraldo Sarno - Foto Leo Lara/Universo Produção

Dossiê: Geraldo Sarno

Morreu em 22 de fevereiro de 2022, aos 83 anos, o cineasta Geraldo Sarno, diretor de “Sertânia”, um dos filmes brasileiros mais premiados e celebrados pela crítica nos últimos anos, vencedor inclusive do Prêmio Abraccine 2020. Ao longo de uma carreira de seis décadas, Sarno retratou movimentos migratórios e a cultura popular brasileira. Nascido em…

54º Festival de Brasília: Política das urgências, política dos afetos

*Renato Silveira Mais antigo festival de cinema realizado no Brasil e situado na capital federal, o Festival de Brasília tem como característica histórica exibir filmes de inescapável caráter político – aspecto que se fez presente na seleção de longas-metragens da 54ª edição, cuja realização virtual, em razão da pandemia de Covid-19, deu-se entre os dias…

54º Festival de Brasília: O retrato otimista do curta “Adão, Eva e o Fruto Proibido”

*Carol Lucena Todos os curtas desta 54ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro traziam questões sociais importantes como temática. Seja os problemas causados pela pandemia de coronavírus, a violência doméstica e o machismo, a precariedade trabalhista, o racismo contra negros e asiáticos, e muito mais. O curta-metragem “Adão, Eva e o Fruto Proibido”…

25º Cine PE: De deslocamentos e apagamentos, nos corpos e nos espaços

*Francisco Carbone Curadorias pensam recortes específicos para seus pensamentos coletivos na hora de unir um grupo de produções para um festival. Ainda que estejam reféns de inscrições e da própria produção cinematográfica da temporada, há de se encontrar em um olhar plural uma discussão temática que muitas vezes atravessa os quereres do trabalho empreendido. Como…

Dossiê Prêmio Abraccine 2020: Top 10

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO Sertânia, Geraldo Sarno Completam o Top 10 em ordem alfabética Aos Olhos de Ernesto, Ana Luísa Azevedo “Aborda o envelhecimento usando da delicadeza e do humor”Nayara Reynaud “Olhar curioso e terno, que acompanha seus personagens a uma distância segura”Alysson Oliveira “Jorge Bolani, empunhando a bandeira do protagonista, constrói momentos de puro carisma e…

9º Olhar de Cinema: Por Onde Voam as Feiticeiras?

“De uma forma inteligente, os diretores procuram contextos e conexões com o que está ocorrendo fora de seu epicentro, utilizando na montagem cenas de violência policial e passeatas pela igualdade de gênero não só do Brasil, como em outros países – lembrando que a inquietação por novos valores é universal. E cabe à intelectual norte-americana…

9º Olhar de Cinema: A Metamorfose dos Pássaros

“Ao transformar a trajetória de uma família comum em um exemplar de como o cinema pode ser um espaço (e ferramenta) de acolhimento, Vasconcelos entrega uma análise vívida e pessoal sobre como é importante acessar nossa ancestralidade e herança familiar para compreender e unir-se ainda mais àqueles que dividem essa jornada. Através do duplo olhar…

9º Olhar de Cinema: Mostra Competitiva

Los Lobos Boa parte da narrativa retrata o confinamento e a solidão dos meninos, brincando um com o outro e espiando a vida lá fora. Neste jogo interior/exterior, o filme equilibra uma notável tensão dramática, criando expectativas sobre a incursão deste mundo externo na vida dos meninos, este território por ora proibido e que encerra…

9º Olhar de Cinema: Muitos olhares

MOSTRA NOVOS OLHARES Agora Com tantas expressões artísticas em cena – poesia, canção, pintura, música, coreografia e outras – revelando-se pela dor, Agora fica como um (histórico) documento instigante a respeito do significou estar em dezembro de 2018 no Brasil com a compreensão do que nos aguardava.Por Luiz Joaquim Letra Maiúscula Por sua vez, os…

9º Olhar de Cinema: Algumas visões

MOSTRA FOCO Vento Seco O drama de uma existência homossexual nunca é ignorado – há menções a um assassinato homofóbico, há medo de assumir um romance gay, há a possibilidade da violência não fetichizada sempre à espreita, naquela cidade de interior. Mas o que predomina é a ternura entre os personagens, e ninguém parece minimante…

Dossiê: 48º Festival de Cinema de Gramado

Foi diferente, precisou de adaptações, mas o 48º Festival de Cinema de Gramado aconteceu em 2020, apesar da pandemia. Entre os dias 18 e 26 de setembro, as obras selecionadas para competitiva foram exibidas no Canal Brasil, tendo ainda exibições on-line de curtas, mostra gaúcha e os debates das competitivas. A Abraccine manteve sua parceria…

Prêmio Accirs/Abraccine no 48º Festival de Gramado

No 48º Festival de Gramado, que aconteceu entre os dias 18 e 26 de setembro o Júri da Crítica elegeu Animal Amarelo, de Felipe Bragança, como Melhor Longa-metragem Brasileiro; El Gran Viaje al País Pequeño, de Mariana Viñoles, como Melhor Longa-metragem Latino, e Inabitável, de Matheus Farias e Enock Carvalho, como Melhor Curta-metragem Brasileiro. Justificativas:Curta-metragem:Pela…