Dossiê Prêmio Abraccine 2019: TOP 10 Filmes Brasileiros

MELHOR FILME Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles DESTAQUES (em ordem alfabética): Democracia em Vertigem, de Petra Costa “Democracia em Vertigem registra um período sombrio, controverso e revelador da nossa história e, daqui algumas décadas, será conteúdo escolar.” Bianca Zasso “Assumindo sua subjetividade, ela se posiciona enquanto personagem e narradora, ao passo que…

“Carne” aborda questões femininas

Adriana Androvandi O curta-metragem Carne, dirigido por Camila Kater (Campinas – SP), é um documentário que traz o depoimento de mulheres em diferentes fases da vida, em representações que exibem experiências com distintas técnicas de animação. Conforme a própria equipe do filme divulgou, o roteiro optou por uma metáfora que relaciona o estado de cozimento…

Dossiê Fest Aruanda: O Brasil de hoje segundo Indianare

Luiza Lusvarghi * O filme Indianara traz como sinopse a “história da ativista transexual Indianara Alves Siqueira”, criadora da Casa Nem, espaço de acolhimento idealizado pela ativista para pessoas LGBTIs em situação de vulnerabilidade, atualmente situada em Copacabana, na Dias da Rocha, ao lado do tradicional mercado Zona Sul. Ao ser indicado para concorrer à…

Dossiê Fest Aruanda: Faixa de Gaza

Flávia Mayer * Expoente da chamada Primavera do Cinema Paraibano, Faixa de Gaza foi selecionado para a 14ª edição do Fest Aruanda, em sua disputada mostra competitiva Sob o Céu Nordestino. Trazendo produções realizadas por cineastas nascidos no Nordeste ou filmadas na região, a mostra contou com uma ousada e interessantíssima lista de longas e…

Dossiê Fest Aruanda: Indianara

João Batista de Brito * Nenhum país do mundo mata mais LGBTs que o Brasil. Segundo as estatísticas, só no ano de 2018, foram 320 (trezentos e vinte) assassinatos, quase um por dia. Situação vergonhosa que deve piorar, se considerarmos a linha visivelmente homofóbica e armamentista do governo em vigência. Daí a importância de um…

Dossiê Festival de Brasília: Cinema de encontros

Luciana Veras* Ao ver a relação dos filmes premiados no 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, e tirar conclusões só e somente só a partir dela, qualquer pessoa há de inferir que houve uma valorização do cinema feito por mulheres. A febre, de Maya Da-Rin, levou seis “Candangos”, inclusive melhor longa e melhor direção,…

Dossiê Festival de Brasília: Faltou olhar para trás

Cecilia Barroso * Foi um Festival de Brasília estranho. A 52ª edição foi um retrato deste nosso tempo, um tempo onde alguns tentam ocupar espaços não para trazer novas proposituras e movimentos, mas destruir e criar um vácuo cruel e outros tantos buscam alguma forma de resistência. Quando alguns dos métodos que têm se tornado…

Dossiê 43ª Mostra SP: Protagonismo Feminino

Por uma vida mais visível no cinema: o protagonismo feminino na 43ª Mostra Nayara Reynaud * Um dos destaques da programação desta 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, justamente por ser o representante brasileiro na disputa por uma vaga na categoria de Melhor Filme Internacional do próximo Oscar, A Vida Invisível (2019) pode…

Dossiê 43ª Mostra SP: Cinema Brasileiro em ebulição

José Geraldo Couto * Beneficiada indiretamente pelo adiamento e enfraquecimento de dois outros importantes festivais – o de Brasília e o do Rio –, a 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo apostou fortemente na produção brasileira. Foram mais de sessenta longas-metragens inéditos, o que equivale a uma amostra bastante representativa da safra atual.…

Dossiê 43ª Mostra SP: Debates

Dois Papas (Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Argentina), de Fernando Meirelles “São personagens muito bem explorados, capazes de manter o interesse e a atenção, independentemente de filiações religiosas, posições filosóficas ou políticas, que nos movam. Porque as questões que o filme levanta, afinal, interessam a todos.” Antonio Carlos Egypto “Toda a rivalidade entre os dois…

Dossiê 43ª Mostra SP: Conversas

Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou (Brasil), de Bárbara Paz “Esteticamente, a cineasta adota recursos corajosos, em especial a homogeneização das imagens em preto e branco.” Bruno Carmelo “Ainda assim, é possível que ao fim do documentário não tenhamos aprendido mais nem sobre o diretor nem sobre sua obra. Porque…

Dossiê 43ª Mostra SP: Documentários brasileiros

Banquete Coutinho, de Josafá Veloso “Banquete Coutinho é, mais do que tudo, uma forma de matar a saudade deste cineasta essencial que ele foi, servindo para manter vivo um legado a ser sempre revisitado. Dá vontade de sair correndo e rever todos os seus filmes. A falta que ele nos faz.” Neusa Barbosa Barretão, de…

Dossiê 43ª Mostra SP: Ficções brasileiras

Abe, de Fernando Grostein Andrade “É curioso o medo de uma geração de diretores em relação ao silêncio, visto como elemento de desconforto: é preciso divertir, entreter a qualquer instante, seja nos momentos felizes, seja nas cenas tristes.” Bruno Carmelo Ainda Temos a Imensidão da Noite, de Gustavo Galvão “Um dos melhores aspectos deste drama…

Dossiê 43ª Mostra SP: Documentários estrangeiros

Bellingcat: A Verdade em um Mundo Pós-Verdade (Holanda), de Hans Pool “O diretor Hans Pool nutre evidente admiração por estes homens, permitindo que eles controlem, sozinhos, todo o ponto de vista do documentário. Por um lado, isso garante falas despojadas e sinceras por parte dos entrevistados. Por outro lado, impede que o cineasta imprima qualquer…