Aruanda é mais do que uma festa.

José Umbelino Brasil* FestAruanda 2017, festival que se apropriou do título do filme ícone do cinema moderno brasileiro, Aruanda, com a intenção de nominar e demarcar a sua identidade, chegou na sua décima segunda edição apresentando um rol de filmes que compõem um esboço significativo da cinematografia brasileira contemporânea. Na tela, a exposição desse número…

Atrito - Filme - curta-metragem

Fest Aruanda

Márcio Sallem* A 12ª edição do Fest Aruanda, realizada na acolhedora e aprazível João Pessoa, na Paraíba, não abdicou do seu nobre papel de ser o motor de indução de crítica e reflexão a respeito do cenário social contemporâneo que tem atravessado, a duras penas, a democracia brasileira, ainda tão jovem e imatura. Com uma…

Porque sonhar é resistir: abaixo a gravidade!

Regina Behar* O XII Fest Aruanda, ocorrido em João Pessoa, entre 30 de novembro e 6 de dezembro de 2017, trouxe à cena, em sua mostra competitiva, uma boa safra de filmes de  longas-metragens.  Escolhi, entre as possibilidades de discussão colocadas, o destaque de um deles, “Abaixo a Gravidade”, roteirizado e dirigido por Edgard Navarro,…

Sobre a descolonização do olhar

Bruno Carmelo* Chegando ao final de uma maratona crítica no X Janela Internacional de Cinema no Recife, a tentativa de definir a experiência poderia ocorrer pela exclusão. Seria mais fácil explicar o que o festival não é: o Janela não constitui um espaço suplementar para o cinema comercial, nem busca efetuar uma ponte entre o…

Prêmio Abraccine no X Janela do Recife

Entre os dias 03 e 12 de novembro foi realizado o X Janela Internacional de Cinema do Recife. O júri da crítica organizado pela Abraccine, formado por Angela Prysthon, Breno Pessoa, Bruno Carmelo, Carol Almeida e Pedro Azevedo elegeu o longa-metragem “Que o verão nunca mais volte”, de Alexandre Koberidze como melhor do festival. Justificativa: O filme traz uma experimentação narrativa que aposta alto…