Prêmio Abraccine no 49º Festival de Brasília

14441210_1172590579453119_7769455525854746628_n

De 20 a 27 de setembro foi realizado o 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O júri da crítica organizado pela Abraccine, formado por Ernesto Barros (PE), Lucio Vilar (PB), Yale Gontijo (DF), Amilton Pinheiro (SP),Camila Vieira (CE), Daniel Schenker (RJ) e o presidente do júri, Pedro Butcher (RJ) elegeu o longa “Rifle” e o curta “Estado Itinerante” (foto) como os melhores do festival.

As justificativas:

Curta-metragem
Pela sensibilidade na forma com que filma os espaços urbanos. pela qualidade do trabalho das atrizes, com experiência profissional ou não. Pela forma com que retrata uma violência física e simbólica, valorizando o que está fora de quadro, o júri Abraccine concede o prêmio de melhor curta para “Estado Itinerante”, de Ana Carolina Soares.

Longa-metragem
Pela hábil conexão entre a gramática do documentário e da ficção. pelo retrato que conjuga a perspectiva de um personagem com as transformações de um Brasil rural. Pela apropriação original da estética do western e o uso potente do som, o júri Abraccine concede o prêmio de melhor longa para “Rifle”, de Davi Pretto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s