Prêmio Accirs/Abraccine no 47º Festival de Gramado

No 47º Festival de Gramado, que aconteceu de 14 a 22 de agosto, o Júri da Crítica elegeu Raia 4, de Emiliano Cunha, como Melhor Longa-metragem Brasileiro; El despertar de las hormigas, de Antonella Sudasassi Furnis, como Melhor Longa-metragem Latino, e Marie, de Leo Tabosa, como Melhor Curta-metragem Brasileiro.

Justificativas:

– Curta-metragem brasileiro: MARIE
Por sua consistência e convicção ao revisar um conflito íntimo e social, sem recair no maniqueísmo.

– Longa-metragem estrangeiro: EL DESPERTAR DE LAS HORMIGAS
Pela economia narrativa e sem concessões estilísticas para abordar um tema incontornável no que tange a autonomia do corpo feminino.

– Longa-metragem brasileiro: RAIA 4
Pelo rigor formal na condução narrativa, explorando o tempo fílmico com seus silêncios para moldar uma protagonista incomum e desafiadora.

O Júri da Crítica do Festival de Gramado é organizado pela Associação dos Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (Accirs) e Abraccine. Nesta edição, foi formado pelos críticos do Rio Grande do Sul André Kleinert e Willian Silveira, a paulista Neusa Barbosa, o pernambucano Luiz Joaquim e o chileno Andrés Nazarala.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s