Prêmio Abraccine 2013: Melhores Longas Estrangeiros

Tabu Saudade, palavra portuguesa, sobrevive melhor em película e preto-e-branco, território em que o cineasta português Miguel Gomes planta a onírica semente de Tabu, uma crônica vigorosa sobre memória, perdas, tempo e colonialismo. Não por acaso, as referências ao cinema mudo, contidas no título e no nome da protagonista, Aurora (Laura Soveral), são alguns dos…