Prêmio Abraccine no 11º Fest Aruanda

15326341_1250499184995591_1945727277697536400_n

De 8 a 14 de dezembro foi realizado em João Pessoa o 11º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro. O júri da crítica organizado pela Abraccine, formado por Renato Félix (PB), Fatimarlei Lunardelli (RS) e o professor convidado Matheus Andrade (PB) elegeu o curta “Quando parei de me preocupar com canalhas”, de Tiago Vieira, e o longa “Era o Hotel Cambridge” (foto), de Eliane Caffé, como os melhores do festival.

As justificativas:

CURTA
Pelo bom humor e criatividade resultantes de uma linguagem e montagem dinâmicas, sem que isso prejudique a coerência narrativa, o júri da crítica elege “Quando Parei de Me Preocupar com Canalhas”, de Tiago Vieira, como o melhor curta do 11º FestAruanda do Cinema Brasileiro.

LONGA
Pelas qualidades estéticas inovadoras nas quais ficção e realidade se imbricam nas imagens produzidas e reutilizadas, pelo trabalho consistente de direção e abordagem inventiva sobre o tema, o júri da crítica elege “Era o Hotel Cambridge”, de Eliane Caffé, como o melhor longa do 11º FestAruanda do Cinema Brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s