Prêmio Abraccine no 23º É Tudo Verdade

juri
De 12 a 22 de abril foi realizado o 23º É Tudo Verdade / It’s All True – Festival Internacional de Documentários, no Rio de Janeiro e São Paulo. O júri da crítica organizado pelo Abraccine formado por Nayara Reynaud, Lucio Vilar e Julio Bezerra elegeu o longa-metragem Ex-Pajé, de Luiz Bolognesi e o curta-metragem “Inconfissões”, de Ana Galizia como melhores do festival.

 

Justificativas:

Por desvelar processos de destruição material da floresta, simultaneamente à ‘implosão’ do ethos indígena; pela fluência da fotografia e da montagem, que escapam de quaisquer formas de didatismo no exercício de reinvenção do modelo ‘direto’ de documentar o real, e pela potência da denúncia – sem cair no denuncismo – o Júri Abraccine concede o título de Melhor Longa-Metragem para o filme Ex-Pajé, de Luiz Bolognesi.

Por construir uma ambientação imersiva, aliando o desenho de som e a trilha sonora à montagem e narração epistolar pontual, a fim de estabelecer uma narrativa a partir do material de arquivo do próprio personagem retratado, além de abordar a questão da AIDS de forma distinta, o júri da Abraccine concede o prêmio de melhor documentário em curta-metragem a “Inconfissões”, de Ana Galizia.

Fotos: Simão Salomão/SP; Rodrigo Gorosito/RJ

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s