Prêmio Abraccine no 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

47°-Festival-de-Brasília-do-Cinema-Brasileiro

A Abraccine esteve presente no 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que aconteceu entre 16 e 23 de setembro, e seu júri concedeu os seguintes prêmios:

Longa: “Branco sai, preto fica”

Na opinião do júri o filme “Branco sai, preto fica” foi escolhido por trazer várias possibilidades narrativas a partir de um diálogo criativo entre ficção e documentário . Retratando um universo de exclusão de maneira natural e instintiva, aliando a inventividade e o bom humor para resgatar uma história trágica, sem ficar preso ao passado e projetando ações e resistência cultural.

Curta: “Estátua”

Na opinião do júri o filme ” Estátua” foi escolhido por trazer uma narrativa bem amarrada com evolução dramática consistente e boa resolução. O curta é conduzido por meio de uma decupagem rigorosa e funcional, excelente trabalho de atrizes e adequada construção de elementos do suspense e terror psicológico.

Atrás, da esq: Antonio Carlos Egyto e Marcelo Lira. Frente, da esq: Michel Toronaga, Amanda Aouad, Fernando Oriente (Foto: Junior Aragão)

Atrás, da esq: Antonio Carlos Egyto e Marcelo Lira. Frente, da esq: Michel Toronaga, Amanda Aouad, Fernando Oriente (Foto: Junior Aragão)

O júri foi formado por:

Antônio Egypto (presidente do júri, SP)

Marcelo Lyra (SP)

Amanda Aouad (BA)

Fernando Oriente (SP)

Michel Toronaga(critico convidado/DF),

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s