Considerações do júri do 47o Festival de Brasília (I)

brancosaipretoficabsbBranco sai. Preto fica

Por Antonio Carlos Egypto (SP)

O drama de dois homens que tiveram suas vidas enormemente prejudicadas, após a invasão pela polícia, e a repressão violenta de um Baile Black de um local chamado Quarentão. Vamos acompanhar um homem que agora vive com uma perna mecânica e um outro, em cadeira de rodas. As consequências terríveis estão lá, mostradas com todo realismo, mas não a cena que as gerou. Ou mesmo o clima concreto que mantém e sustenta esse tipo de ação.

A história trágica será contada na forma de fábula, para poder criar perspectivas que não se resumam a lamentar o passado, mas possam gerar algo no futuro. Vingança? Reparação? Ódio realimentado?

Clique para ler mais

 

A vitória do cinema local

Por Michel Toronaga (Brasília, Convidado da Abraccine)

A 47ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro foi marcada pela vitória da cultura cinematográfica na capital do país. Este ano, além do tradicional Cine Brasília – a casa oficial do evento –, exibições aconteceram também no Museu Nacional da República (que fica no centro do Plano Piloto, na Esplanada dos Ministérios) e em regiões administrativas da cidade, como no Teatro da Praça de Taguatinga, no CG do Gama, no Teatro de Sobradinho e no Sesc de Ceilândia. A ideia, reforçada pelo secretário de cultura do DF e pela coordenação do festival, era descentralizar e democratizar a sétima arte nacional.

A vitória de Branco Sai. Preto Fica (imagem acima), do cineasta Adirley Queirós, parece ser uma consequência positiva desse processo. Cria de Ceilândia, ele mostrou a força e a qualidade da produção audiovisual da cidade satélite. Um endereço fértil que chama a atenção, não apenas nessa área, mas também em outras vertentes artísticas. Basta lembrar o talento de Ellen Oléria, cantora descoberta na primeira edição do reality show global The Voice Brasil, na Globo.

Clique para ler mais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s