É Tudo Verdade 2015: Abraccine premia “A Paixão de JL” e “Sem Título #2”

A partir da esquerda: Rodrigo Zavala, Luiza Lusvarghi e Heitor Augusto

A partir da esquerda: Rodrigo Zavala, Luiza Lusvarghi e Heitor Augusto

O júri formado por Luiza Lusvarghi, Heitor Augusto e Rodrigo Zavala  premiou, na 20a edição do Festival É Tudo Verdade:

Melhor Longa: A Paixão de JL, de Carlos Nader

Por penetrar no universo criativo do personagem e dialogar com sua obra, evitando cacoetes de uma biografia tradicional e apresentando-se como um filme com o artista e não sobre o artista, o júri da crítica Abraccine no 20º É Tudo Verdade concede o prêmio para A Paixão de JL, de Carlos Nader.

 

Melhor Curta: Sem Título #2: La Mer Larme, de Carlos Adriano

Por ousar fazer um cinema, no século 21, que recupera um espírito de ruptura ao paradigma narrativo, nos entregando um fragmento poético sobre amor e memória, o júri da crítica Abraccine no 20º É Tudo Verdade concede o prêmio para Sem Título #2: La Mer Larme, de Carlos Adriano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s