Carta ao presidente da RioFilme

A Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) repudia os termos com os quais o presidente da RioFilme, sr. Sérgio Sá Leitão, manifestou-se nas redes sociais a respeito de críticas dirigidas à comédia E Aí, Comeu? no jornal O Globo.

O sr. Leitão exortou o público a ver o filme (no que está em seu direito, e mesmo obrigação), não devendo se deixar levar pela opinião de ” críticos malcomidos” (sic).

Ora, é bem normal, reiteramos, que um dirigente de instituição pública, como é o caso da  RioFilme, vinculada à prefeitura do Rio de Janeiro, defenda os interesses das obras cinematográficas que distribui. É, também, perfeitamente compreensível que discorde de avaliações desfavoráveis aos filmes sob sua responsabilidade.

Inaceitável é o modo agressivo com o qual pretende desqualificar quem emite opiniões que não lhe convêm. Talvez contaminado pela linguagem  do filme que defende, o sr. Leitão tenha se esquecido de que a graça chula pode até caber em uma obra de ficção, mas desafina quando vinda de uma presidência da RioFilme, cargo que agora ocupa e avilta.

Além de deselegante, esse tipo de reação em nada contribui para o diálogo sadio entre os vários setores da atividade cinematográfica, entre os quais a crítica se inclui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s