Melhores do ano: Instinto Materno

Amor, controle e impunidade

Por Susana Schild (RJ)

Urso de Ouro no Festival de Berlim 2013, a produção romena Instinto Materno (Pozitia Copiluli, no original) apresenta uma trama, a princípio, rigorosamente simples: os esforços de uma mãe leoa para livrar o filho da responsabilidade pela morte de um rapaz de 14 anos. Detalhes do caso: o rebento, perto dos 30 anos, pertencia à elite ‘branca’ da sociedade e dirigia um Audi a 140 km por hora. A vítima, era de família camponesa e cometeu a imprudência de ser atingido pelo veículo.

A super-mãe poderia contratar ex-ministros da justiça para defender o rapaz, mas Cornelia aposta em sua prepotência, meios financeiros, vínculos com poderosos para reverter a situação, transformar o culpado em vítima e seguir uma vida já fraturada em várias áreas, entre elas a relação com o filho.

Leia mais aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s