Melhores do ano: O Lobo Atrás da Porta

o lobo atrás da porta 2

Por Bruno Carmelo

No começo, é difícil saber em qual gênero se insere O Lobo Atrás da Porta. Uma criança é sequestrada, mas logo nos avisam que não é nada sério, trata-se apenas da brincadeira de Rosa (Leandra Leal), uma amante ciumenta que tenta chamar a atenção do homem que ama, Bernardo (Milhem Cortaz). As cenas conjugais entre Bernardo e sua esposa (Fabiula Nascimento) beiram o drama, já os momentos de interrogatório, com um delegado desbocado (Juliano Cazarré), entram no território da comédia.

Entre a seriedade e a descontração, este filme vai tateando o seu terreno. O roteiro avança de acordo com os depoimentos: à medida que os personagens fornecem suas versões e álibis, flashbacks ilustram cada ponto de vista. Logicamente, as versões passam a se contradizer, alguns fios soltos não se conectam, e o espectador tem consciência de estar diante de uma ciranda de mentirosos, com vários segredos a esconder. O diretor e roteirista Fernando Coimbra tem prazer em fornecer falsas pistas, conduzir o espectador a impasses, forçando-o a dar uns passos atrás e buscar novas hipóteses.

Leia mais aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s