Manoel de Oliveira – Uma Homenagem

manoeldeoliveira-homenagemveneza

Em homenagem ao cineasta português Manoel de Oliveira, morto no último 2 de abril, a ABRACCINE publica a partir de hoje uma série de textos de nossos associados.

Manoel de Oliveira

Por Luiz Zanin

Houve um tempo em que o nome de Manoel de Oliveira era praticamente desconhecido no Brasil. Foi a Mostra de Cinema de São Paulo, e seu criador, Leon Cakoff, que nos apresentaram a Manoel, que então se incorporou ao repertório cinefílico brasileiro.

A partir da retrospectiva que Leon promoveu, Oliveira tornou-se um nome corrente no Brasil, pelo menos entre aqueles que apreciam o cinema dito de arte, ou seja, diferente do mainstream comercial. Ele, em pessoa, passou a vir a quase todas as edições da Mostra, apresentava seus novos filmes, dava entrevistas e tornava-se familiar a todos nós.

Numa dessas visitas, reuniu-se a outro veterano do cinema, o fotógrafo Gabriel Figueroa (que trabalhou com John Ford e Luis Buñuel) e ambos trocaram ideias sobre o cinema. Nessa conversa de veteranos, havia quase dois séculos de experiências reunidas. Clique aqui para ler mais.

 

Os mestres e seus princípios

Por Ivonete Pinto, Revista TeoremaLe cinquième empire2005Real. : Manoel De OliveiraCollection Christophel

A partir dos filmes Five e O Quinto Império – Ontem como Hoje (imagem ao lado) , este artigo propõe examinar dois traços definidores em Abbas Kiarostami e Manoel de Oliveira: a imagem e a palavra.
Enquanto Abbas Kiarostami celebra o não-dito, Manoel de Oliveira torna a palavra elemento orgânico em seus filmes. Um elege a imagem como forma de expressão, o outro a palavra, a língua. Se esta tese não serve para toda a obra dos dois cineastas (em Dez, de Kiarostami, preponderam os diálogos, e O Convento, de Oliveira, cultiva silêncios monásticos), aplica-se sem dúvida aos seus últimos trabalhos.
Five, do iraniano, é experiência formal hardcore, sem enredo, sem personagem, sem um chiado de palavra sequer. Em O Quinto Império – Ontem como Hoje, do português, as sílabas parecem saltar da tela.Clique aqui para ler mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s