Prêmio Abraccine no XIII FestAruanda

unnamed

Entre os dias 6 e 12 de dezembro aconteceu o 13º Fest Aruanda, em João Pessoa. O júri da crítica organizado pela Abraccine, composto por Paulo Henrique Silva, Isabella Valle e Celso Sabadin, elegeu Azougue Nazaré e Reforma como os melhores do festival.

Justificativas:

Melhor longa-metragem: “Azougue Nazaré” (PE), de Tiago Melo

“Por seu vigor narrativo, em que se observa a criação de várias camadas de significação, além de oferecer uma ideia de resistência num contexto socio-cultural cada vez mais preocupante, potencializando a questão das liberdades individuais, o Prêmio Abraccine vai para AZOUGUE NAZARÉ, de Tiago Melo”

Melhor curta-metragem: “Reforma” (PE), de Fábio Leal

“Pela habilidade em conciliar sensibilidade e ousadia em torno de temas urgentes, dentro de uma cada vez mais necessária narrativa de afetividade, aliada a uma técnica num só tempo precisa e poética, o Prêmio Abraccine vai para REFORMA, de Fábio Leal”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s