44ª Mostra SP: Citações

Nesta 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, foram muitas as descobertas entre os filmes selecionados. Aqui algumas citações dos críticos que enviaram seus compilados ao Dossiê Abraccine, com títulos vindos de várias partes do mundo e muitas histórias.

1986

“São proposições muito sofisticadas que se desenvolvem na superfície do projeto sem nunca deixar de absorver sua profundeza.”
Francisco Carbone


Ao Entardecer

“Como sempre, o rigor técnico é impecável. Cada quadro do filme é como uma pintura do século 18, num expressivo cuidado com a luz que se derrama sutilmente sobre as pessoas, revelando seus mundos íntimos de uma forma que vai se adensando”
Neusa Barbosa


Assim Como Acima, Abaixo

“Todo o filme e suas situações, o ambiente, os sons, as pessoas são pensadas a fim de causar estranhamento e, em certa medida, desconforto. É um filme inquietante em sua diferença, que estaria talvez até mais em sintonia com uma instalação artística do que com o cinema.”
Alysson Oliveira


Cavaleiro de Verão

“Não há excessos de nenhuma ordem na produção, que busca quase um aspecto documental na abordagem de seus personagens e das ações que os circundam.”
Francisco Carbone


Chico Ventana También Quiere Tener un Submarino

“Modesto em suas aspirações, o filme toca numa nota sutil, criando algumas possibilidades neste deslocamento também para Elsa. Infelizmente, o diretor não contempla do mesmo modo o núcleo filipino, perdendo algumas chances para a história voar mais longe”
Neusa Barbosa


Colômbia Era Nossa

“O que Colômbia Era Nossa irá investigar é o peso dessa desigualdade fomentada por anos e anos de exploração dos mais pobres, e o trágico resultado de tudo isso.”
Alysson Oliveira


Um Crime em Comum

“O enlouquecimento da personagem sofre com a falta de constância, escorregando por vezes em um certo exagero caricato. Falta uma direção mais segura e consciente ali.”
Cecilia Barroso


DAU. Natasha

“Mas, em que medida, atores e atrizes estão atuando ou vivendo a realidade construída dentro desse bunker onde o projeto DAU acontece? Uma resposta que, provavelmente, jamais teremos.”
Alysson Oliveira


De Volta a Visegard

“O filme se aproxima de cada um dos personagens com extrema delicadeza, sendo capaz de captar histórias e vivências muito diferentes nesta reaproximação com a situação mais traumática de suas vidas, experienciada quando ainda eram crianças.”
Neusa Barbosa


A Deusa dos Vagalumes

“Sem interpretações marcantes e com uma trama bastante convencional de coming of age, A Deusa dos Vagalumes nunca surpreende de verdade, mas entretém.”
Isabel Wittmann


Eeb allay ooo!!

“O filme preza pelo realismo, sem numa deixar se levar pela fantasia, mesmo com a premissa incomum.”
Alysson Oliveira


Eyimofe

“Mofe e Rosa fazem suas escolhas, acomodam seus desejos irrealizados e seguem vivendo neste filme comovente que reafirma o poder do neorrealismo como fonte ética e matriz estética das cinematografias pobres do mundo.”
Fatimarlei Lunardelli


Escondida

“Ele [Panahi] continua explorando a manipulação inerente a este cinema que hibridiza fato e fantasia e camufla de seu público que está fazendo um filme com roteiro, com equipe, com mise-en-scène.”
Ivonete Pinto


Fábulas Ruins

“É como se o filme, na ânsia de colocar o espectador como testemunha de situações limites e/ou revoltantes, fosse ele mesmo indiferente àquilo que está sendo mostrado – e a indiferença é um grande ponto negativo para quando se busca angariar qualquer comoção do público, por exemplo.”
Rafael Carvalho


Farewell Amor

“A solução parece vir muito fácil, com a dança levando cada um a sentir e entender um ao outro. Mas Farewell Amor compensa com uma narrativa afetuosa e comovente e personagens humanos.”
Isabel Wittmann


Feels Good Man

“Trata-se de uma espécie de conto de alerta sobre a impossibilidade de impedir que a arte, uma vez criada, independente das intenções de quem a cria, seja apropriada e ressignificada.”
Isabel Wittmann


La Francisca – Una juventud chilena

“Nesse ambiente, transpira um Chile que parece ter perdido inúmeras oportunidades e massacrado outras ainda – das quais são símbolos as inúmeras construções em ruínas espalhadas pelas montanhas com vista para o mar.”
Neusa Barbosa


Josep

“Sem perder pé da denúncia e do realismo, infiltram-se igualmente momentos oníricos, como uma curiosa aparição de sonho da pintora mexicana Frida Kahlo – uma musa grandiosa para dar pretexto a uma explosão de cores na tela num tempo àquela altura tão sombrio.”
Neusa Barbosa


Mãe de Aluguel

“Esse é um dos pontos mais fracos do roteiro: as pessoas não parecem muito reais e sim ideias materializadas em forma de personagens, a ponto de ser irritante.”
Alysson Oliveira


Mate-o e Deixe Essa Cidade

“A humanidade não anda muito bem na visão do criador desta animação.  E que há um grande mal-estar no mundo parece um recado evidente do filme.”
Antonio Carlos Egypto


Meu Rembrandt

“E aí o documentário acerta ao retratar, não sem uma pitada de sarcasmo, o estranho mundo das pessoas absurdamente ricas, que gastam milhares de euros em um pedaço de tecido coberto de tinta pelo prazer de possuí-lo.”
Isabel Wittmann


Minha Incrível Wanda

“O filme tem um elenco afinado e é um retrato de uma família disfuncional, tantas vezes abordada no cinema. Apesar de ser um drama, o humor ácido contrabalanceia muitas das ações.”
Isabel Wittmann


Minha Irmã

“É interessante como a dupla é tratada à luz de seus gêneros. A personagem feminina sempre é obrigada a reorganizar a sua vida, enquanto os homens (seu irmão e seu marido) podem viver como bem entendem, questão que é colocada de forma crítica no filme.”
Alysson Oliveira


O Nariz ou a Conspiração dos Dissidentes

“O filme recheia essa história com citações de grandes personagens da arte e literatura russas. Além de mostrar a própria criação acontecendo e como teria se dado no passado”
Antonio Carlos Egypto


O Neon Através do Oceano

“O que não deixa de ser uma surpresa em O Neon Através do Oceano é o valor de produção considerável ao ser concebido em um momento de pandemia e ao articular questões ainda inquietantes sobre como a vida será retomada.”
Diego Benevides


Panquiaco

Panquiaco não é um documentário comum, pois ficcionaliza abordagens e flashbacks de maneira muito sensível, criando camadas de imagens que se interpõem e criam não apenas as memórias de um homem, mas o mosaico afetivo de um povo que se situa em lugar próximo ao do protagonista do filme.”
Francisco Carbone


Pari

“Talvez o filme tome caminhos que façam a transformação dela, de uma esposa muçulmana tradicional para uma mulher um pouco mais livre, parecer muito rápida, mas a força materna que a move em busca do filho desaparecido é repleta de sinceridade e marcada por uma grande atuação.”
Alysson Oliveira


A Pastora e as Sete Canções

“A protagonista é uma jovem obstinada e inteligente, por quem é fácil torcer, e a beleza das locações e a fluidez da narrativa colaboram para que A Pastora e as Sete Canções seja uma obra bastante única sobre a força da jornada rumo à mudança.”
Isabel Wittmann


Sanguinetti

“Enxuto e bem construído, o filme é eficiente em mostrar como atuam máquinas clandestinas de repressão, capazes de desaparecer da vista mas emergir, a qualquer momento, para reinstaurar mecanismos de controle social através do terror.”
Neusa Barbosa


O Século XX

“Há, inegavelmente, inventividade e um humor até ingênuo por parte de Rankin, também responsável pelo roteiro. Mas nem tudo se articula muito bem e o filme pede boa vontade demais para funcionar a contento.”
Alysson Oliveira


Sem Cabeça

“Se a ideia no papel parece interessante, no material apresentado se mostra cafona e deslocada dentro do projeto, um deslize dentro de uma produção que se imaginava bem menos ambiciosa, e o melhor seria continuar assim.”
Francisco Carbone


Shirley

“O filme coloca, no entanto, rupturas naquilo que parece estabelecer. Não é uma simples história de despertar de consciência de gênero e social.”
Alysson Oliveira


Zanca Contact

“Todo esse imbróglio poderia ser inconsistente se tivesse à sua frente uma dupla menos carismática do que Rajae e Larsen, que extraem o máximo de muitas situações, num filme que não deixa cair o ritmo”
Neusa Barbosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s