24º Cine PE: Novo Cine-PE

De 23 a 25 de novembro aconteceu a 24ª edição do Cine-PE. Rebatizado de Novo Cine-PE, adaptado por conta da pandemia Covid-19, o festival aconteceu de maneira virtual. O júri Abraccine, formado pelos críticos Maria Caú, Marco Tomazzoni e Júlio Bezerra, premiou os filmes Eu.Tempo e Memórias Afro-Atlânticas.

JUSTIFICATIVA

Curta-metragem

Por construir uma espécie de ensaio-crônica sobre o tempo, conjugando uma certa simplicidade formal com um lirismo afetivo marcado por impressões e memórias, conduzido por paisagens e entrevistados  (não especialistas que revelam a profundidade de suas vivências ditas comuns), o júri da Abraccine concede o prêmio de melhor curta-metragem a Eu.tempo, de Thaíse Moura.

Longa-metragem

Por se debruçar sobre uma história riquíssima e pouco conhecida de documentação dos terreiros de candomblé de Salvador e do Recôncavo Baiano (retratando a herança e memória linguísticas de personalidades religiosas como Mãe Menininha do Gantois, Joãozinho da Goméia e Manoel Falefá) e traçar uma espécie de quebra-cabeça em torno desse achado com a ajuda de personagens interessantes e carismáticos, revelando como essa tradição oral sobrevive e a importância de documenta-la, o Júri Abraccine concede o título de melhor filme para Memórias Afro-Atlânticas, de Gabriela Barreto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s