30º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema

A 30ª edição do Cine Ceará aconteceu de maneira híbrida de 5 a 11 de dezembro. O Júri Abraccine, composto pelos críticos Monica Kanitz, Juliano Gomes e a crítica convidada da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) Larissa Bella, premiou os filmes O Barco e o Rio, de Bernardo Ale Abinader, e Era uma Vez na Venezuela, de Anabel Rodriguez Rios.

JUSTIFICATIVA

Justificativas

Curta-metragem

Pela maneira delicada com que apresenta duas personagens tão opostas a partir das atuações seguras de suas intérpretes dentro de uma geografia particular e amparado por um roteiro preciso, o prêmio Abraccine vai para O BARCO E O RIO

Longa metragem

ERA UMA VEZ NA VENEZUELA aborda a complexidade social de um país a partir do olhar de duas mulheres com ideologias distintas. Ao mesmo tempo, dá voz a pessoas que vivem à margem das políticas públicas em um contexto geográfico singular e apresentado aqui com uma fotografia criteriosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s